sábado, 28 de novembro de 2015

VIGILÂNCIA SANITÁRIA VI Á CAMPO PARA COMBATER A DENGUE

Foto: Fiscal da Vigilância Sanitária, 
Varnise Kipper, e Agentes de Saúde, 
desenvolveram o trabalho a campo na manhã desta sexta-feira
Na manhã desta sexta-feira (27), a Secretaria de Saúde de Saudades, por meio do setor de Vigilância Sanitária, esteve realizando um trabalho a campo, juntamente com Agentes Comunitários de Saúde, para verificar in loco toda a área próxima ao local onde foi encontrado o segundo foco do mosquito Aedes Aegypti.
Há cerca de duas semanas, um foco foi encontrado na região próxima à Rodoviária; nesta semana, outro foco do mosquito foi registrado, desta vez, na Avenida Brasil, próximo à quadra 48.
De acordo com a Fiscal da Vigilância Sanitária, Varnise Kipper, o trabalho consiste em verificar e orientar, de casa em casa, sobre o cuidado com a Dengue. “Este é um trabalho de delimitação de foco, que nós temos que fazer, indo de residência em residência, olhar para ver se tem água parada e ver se as pessoas estão fazendo sua parte”, destacou.

Mesmo com os altos índices de chuva, o mosquito pode se proliferar, pois a larva pode permanecer no solo por até um ano. Além disso, o Aedes Aegypti se esconde, nos dias chuvosos e, quando cessa a chuva e as temperaturas sobem, ele faz a postura dos ovos. Um mosquito vive em torno de 45 dias e põe cerca de 300 ovos, voando num raio de 1 km.

“Temos que trabalhar juntos, ou seja, é um trabalho em equipe, cada um na sua residência, eliminando locais de água parada, mesmo que seja só uma lâmina de água”, afirma Varnise. “Pedimos a ajuda de toda a população, para que esteja fazendo este trabalho de verificar suas casas e estar eliminando objetos que possam acumular água. Pedimos também à população para ir ao cemitério, e eliminar vasos de flores que possam acumular água ou furar os recipientes”, conclui a Fiscal da Vigilância Sanitária.

Fonte: Ascom Saudades

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: O portal não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários publicados pelos seus usuários. Comentários ofensivos, que não tenham relação com o conteúdo da página ou que vão contra a lei serão removidos.