terça-feira, 26 de maio de 2015

COMBATE A DENGUE SEGUE EM SAUDADES

Foto: Ascom Saudades
Na terça-feira (26), a Secretaria de Saúde de Saudades esteve recebendo a visita da Vigilância Epidemiológica do Estado de Santa Catarina, por meio das representantes do órgão, bióloga Deyse Angelini e enfermeira Rita Oltramari, fiscal sanitária da 4ª Gerência Regional de Saúde de Chapecó (GERSA).
O intuito da visita foi fiscalizar pontos estratégicos, onde existe acúmulo de água e, consequentemente, pode se configurar local para proliferação da dengue. “Este trabalho está sendo desenvolvido em parceria com a vigilância sanitária do Gerência de Saúde de Chapecó e do município”, esclarece a bióloga Deyse.

Com um verão chuvoso e de altas temperaturas, a proliferação do Aedes Aegypti ocorreu de forma mais intensa, ocasionando focos do mosquito em praticamente todo o estado. Com a chegada do inverno, os casos de dengue tendem a diminuir, mas é indispensável que se mantenham os cuidados. “A maior parte dos municípios que registraram infestação encontram-se no oeste do estado”, frisa Deyse.
A bióloga explica que os cuidados com água parada devem continuar, já que o inverno reduz a quantidade de mosquitos, mas os ovos depositados no ambiente eclodem com o calor, quando a temperatura subir. “O município de Saudades teve dois focos da dengue este ano. Foram trabalhadas as áreas e, por enquanto, está sob controle, não sendo encontrada a dispersão do vetor que caracteriza a infestação do município”, completa.

Vale lembrar que qualquer local que possa acumular água, desde uma tampa de garrafa até as caixas da água, podem caracterizar locais propícios para o desenvolvimento do Aedes Aegypti. É importante que toda a semana, as pessoas verifiquem em seus terrenos se não há locais com água parada. “A ajuda da população é fundamental. Só vencemos a luta contra a dengue se a população tiver ciência do que deve fazer e estiver também colaborando”, finaliza Deyse.

Fonte: Ascom Saudades

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: O portal não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários publicados pelos seus usuários. Comentários ofensivos, que não tenham relação com o conteúdo da página ou que vão contra a lei serão removidos.